segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Al Caeda convoca militantes a atacar países do Ocidente

Em mensagem de som divulgada na Internet, o dirigente máximo da rede terrorista Al Caeda (A Base), o médico egípcio Ayman al-Zawahiri, convocou ontem os extremistas muçulmanos a realizar atentados na Europa e nos Estados Unidos, informou a agência Reuters.

Zawahiri voltou a criticar a milícia jihadista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, declarando ilegítimo o califado proclamado por seu líder Abu Baker al-Baghdadi em 29 de junho de 2014 na cidade de Mossul, no Iraque. Mas está disposto a unir as forças d'al Caeda às do Estado Islâmico para combater as potências ocidentais e as forças seculares nas guerras civis da Síria, do Iraque e da Líbia.

Na Síria, Al Caeda se juntou a outros grupos jihadistas sunitas no chamado Exército da Conquista para lutar contra a ditadura de Bachar Assad, enquanto o Estado Islâmico trava sua própria guerra contra o regime sírio, os curdos, o governo do Iraque e outros grupos armados rebeldes na Síria.

2 comentários:

ana deiro disse...

Isto não tem fim!

Nelson Franco Jobim disse...

Ainda deve durar pelo menos uma década.