domingo, 23 de julho de 2006

Árabes pressionam Síria a não apoiar Hesbolá

LONDRES - Diplomatas de diversos países do Oriente Médio, inclusive dos mais importantes, Arábia Saudita e Egito, estão pressionando a Síria a retirar seu apoio ao Hesbolá (Partido de Deus), a milícia xiita que está enfrentando Israel desde 12 de julho.

Na sua ofensiva para destruir ou pelo menos reduzir a capacidade militar do Hesbolá, Israel travou duras batalhas neste domingo. Mais de 2 mil soldados estão no Líbano. Hesbolá reagiu atacando com foguetes Haifa, a terceira maior cidade israelense, onde duas pessoas morreram.

A Força Aérea de Israel atingiu um comboio de refugiados, matando quatro pessoas.

Um comentário:

ddumping disse...

Great site lots of usefull infomation here.
»